9 de jul de 2010

SORTE

A história que vou relatar é verídica, e aconteceu com um conhecido do meu marido.
Não conheço as pessoas que participaram do ocorrido, por isso vou usar nomes fictícios.
"João era um tipo Bad Boy, mal encarado, folgado. Sempre que saía de uma balada, ia para a mesma lanchonete e sentava no mesmo lugar.
Houve um dia em que um rapaz, franzino, com cara de nerd, estava sentado justamente no "seu lugar". João pegou o rapaz pelo colarinho e jogou-o para fora da mesa. O rapaz foi embora e João sentou em "seu lugar".
Pouco tempo depois o rapaz voltou, com arma em punho, apontou para o rosto de João e atirou, uma, duas, várias vezes, mas a arma estava travada, e nenhuma bala saiu.
O rapaz saiu correndo e nunca mais foi visto.
Depois de ter visto a morte de perto, João mudou completamente."
Poi é, João teve sorte, muita sorte, principalmente pelo fato de ter uma segunda chance de mudar de estilo de vida.
A história acima é um exemplo a ser seguido e passado para todos. Hoje em dia não sabemos quem está do lado de lá.
Evitar brigas e discussões é a melhor maneira de se manter vivo.
Abaixar a cabeça não é sinal de covardia, e sim de inteligência.