19 de mar de 2011

SAUDADES

Faziam 12 anos que eu não via a minha mãe. Não sei o porque, mas não sentia a sua falta. Provavelmente bloqueei a sua presença em minha vida para não sofrer, ou simplesmente fui vivendo sem pensar muito nela, e com o tempo ela se foi. Raiva, frustração, rancor, mágoa, não sei distinguir...
Mas ela veio nos visitar, 12 anos depois, e a amei novamente, e descobri que eu a amo muito, não porque ela é minha mãe, mas porque simplesmente a amo.
E me acostumei com ela. Foram poucos dias, mas a sua prese
nça foi tão marcante na minha vida que sinto sua falta.
Foram dias maravilhosos e inesquecíveis, só pelo fato dela estar ali.
E a saudade dói...

Nenhum comentário:

Postar um comentário