9 de dez de 2011

PERDIDA

Estou perdida novamente...
O que ocorre na minha vida é o reflexo de meus atos, lógico. Mas está tudo tão confuso. Quando sou sincera, ninguém acredita. Interpretam de modo torto o que digo ou faço. Como assim?
Não sei o que fazer, não sei como agir, mas vou tentando decifrar a minha vida.
Tirar o máximo de proveito dessa lição, é o que me resta...

2 comentários:

  1. Oi Sula...

    Essa postagem sua me lembrou um trecho do livro do Desassossego de Fernando Pessoa..

    E como você se identifica com ele.
    Parabéns de novo..
    Bjs e muita paz
    Debby :)

    ResponderExcluir
  2. Oi obrigada pela visita em nossas vidas ... e olha só...
    Trecho do livro

    …Quanto mais alta a sensibilidade, e mais sutil a capacidade de sentir, tanto mais absurdamente vibra e estremece com as pequenas coisas. É preciso uma prodigiosa inteligência para ter angústia ante um dia escuro. A humanidade, que é pouco sensível, não se angustia com o tempo, porque faz sempre tempo; não sente a chuva senão quando lhe cai em cima..

    ResponderExcluir