20 de nov de 2010

Experimenta!!!

Conforme o passar dos tempos e a aprendizagem pela qual passei e estou passando, descobri que o experimentar não é simplesmente experimentar. É preciso estar aberto para receber de bom grado o que a vida oferece. E com relação aos alimentos, faço isso com muito prazer.
Nunca fui muito com a cara da cebola. Nem com a cara (se ela tivesse uma), nem com o sabor, nem com o cheiro, com nada...
A primeira vez que eu experimentei de verdade a cebola, ela veio junto com uma porção de linguiça. Gostei. Mas ainda não estava apaixonada.
Comi, comi, e resolvi experimentá-la preparada de outras maneiras. E me apaixonei. E hoje tento recuperar os anos perdidos em que a cebola não fez parte do meu prato.
Cebola? Vamos que vamos...
E a lição? Não basta experimentar, é preciso aceitar antes de provar.
E hoje eu experimento, sim, sem preconceito nenhum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário